Presidência síria nega declarações atribuídas a Bashar Al Assad

Internacional







Presidência síria nega declarações atribuídas a Bashar Al Assad

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-19/presidencia-siria-nega-declaracoes-atribuidas-bashar-al-assad

Jan 19th 2014, 11:02



Da Agência Lusa

Damasco – A presidência síria negou hoje (19) as afirmações que foram atribuídas ao presidente da Síria durante uma reunião com deputados russos, nas quais afirma que não tem intenção de deixar o poder.

"O que a agência de notícias russa Interfax publicou como declarações do presidente Bashar Al Assad está errado", disse o serviço de imprensa da presidência síria, em comunicado, sem explicar que parte das declarações estava errada ou mal traduzida.

O presidente da Síria, Bashar Al Assad, foi citado hoje como dizendo que se tivesse um plano para se demitir, já o tinha executado, e acrescentou que só o povo sírio é que tem o poder de determinar o futuro do país.

"Se nos quiséssemos render, tínhamos nos rendido logo no princípio", disse o presidente a um conjunto de deputados do Parlamento russo, durante uma visita a Damasco, citado pela AFP, que usou a notícia publicada pela agência noticiosa russa Interfax.

"Este assunto não está em discussão", respondeu o chefe de Estado, quando lhe pediram um comentário aos pedidos da oposição local e de vários países no Ocidente, que defendem que ele deve se demitir e convocar eleições antecipadas.

"Só o povo sírio pode decidir quem deve participar nas eleições", acrescentou na intervenção, traduzida para russo.

As declarações surgem a poucos dias da reunião Genebra 2, uma conferência para a paz na Síria, na próxima quarta-feira (22).

O presidente da Coligação Nacional Síria, Ahmad Jarba, afirmou no sábado (18) em Istambul, Turquia, que a oposição irá à Conferência de Paz de Genebra com o único objetivo de "se livrar" do presidente Bashar Al Assad.

"As negociações de Genebra têm como único propósito atender às exigências da revolução […] e antes de mais nada retirar ao talhante [Assad] todos os seus poderes", disse Ahmad Jarba.

O conflito na Síria já provocou perto de 130 mil mortos desde março de 2011, de acordo com as Nações Unidas.







You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com



If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:

https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Nenhum comentário