Rodada de negociação entre governo colombiano e Farc é estendida até segunda-feira

Internacional







Rodada de negociação entre governo colombiano e Farc é estendida até segunda-feira

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/rodada-de-negociacao-entre-governo-colombiano-e-farc-e-estendida-ate-segunda-feira

Oct 31st 2013, 18:02



Leandra Felipe



Correspondente Agência Brasil/EBC

Bogotá - Os negociadores do governo colombiano e das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) decidiram estender as conversações da 16ª rodada de negociação até a próxima segunda-feira (4). Inicialmente, a mesa negociadora reunida em Havana, Cuba, terminaria hoje (31) o ciclo de diálogos.

"As delegações do governo e das Farc informam que, com o objetivo de avançar na discussão e construção de acordos em torno do segundo ponto da agenda, concordamos em prolongar este ciclo de hoje até a próxima segunda", diz o comunicado, lido em conjunto por representantes de ambos os lados da negociação.

De acordo com os negociadores, a meta é avançar na "construção de um acordo" para o segundo tema da agenda prevista, a participação política de ex-guerrilheiros das Farc, após concluído o processo pelo fim do conflito.

O assunto vem sendo discutido desde junho pelo governo e pela guerrilha. Neste mês de novembro os diálogos de paz completarão um ano. Nos seis primeiros meses da negociação, os representantes das Farc e do governo de Juan Manuel Santos conseguiram chegar a um acordo parcial sobre o desenvolvimento agrário.

O presidente Santos pediu que a negociação avançasse com maior rapidez, antes que fosse iniciada esta rodada de conversações. O governo espera avançar nos diálogos, em um momento importante da vida política do país, a menos oito meses das eleições presidenciais de 2014.

Além do tema agrário e da participação política, a mesa negociadora deve discutir mais quatro itens antes de finalizar o processo: a reparação das vítimas; o desarmamento e a desmobilização dos guerrilheiros após o término do conflito; soluções para o problema das drogas no país e garantias para o cumprimento dos acordos firmados.

As Farc, no entanto, se declararam contrárias a "acelerar" o processo devido às eleições e mantém a postura de que é preciso "negociar sem pressa".



Edição: Fábio Massalli

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil







You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com



If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:

https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Nenhum comentário

As matérias apresentadas abaixo são fornecidas por DINO - Divulgador de Notícias.