STF julga Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento de campanhas eleitorais

Justiça







STF julga Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento de campanhas eleitorais

http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-12-11/stf-julga-acao-direta-de-inconstitucionalidade-adi-4650-que-trata-do-financiamento-de-campanhas-eleit

Dec 11th 2013, 19:05



Brasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Brasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Na foto, o advogado-geral da União, Luís Inácio AdamsBrasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Na foto, os ministros do STF, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Celso de MelloBrasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Na foto, os ministros do STF, Rosa Weber e Luís Roberto BarrosoBrasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Na foto, o presidente da Corte, ministro Joaquim BarbosaBrasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Na foto, os ministros do STF, Teori Zavascki, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Celso de Mello, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e o presidente da Corte, ministro Joaquim BarbosaBrasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Na foto, o procurador-geral da República, Rodrigo JanotBrasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Na foto, os ministros do STF, Teori Zavascki, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Celso de MelloBrasília – Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que trata do financiamento público de campanhas eleitorais, ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.







You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com



If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:

https://blogtrottr.com/unsubscribe/bb/D46FjC

Nenhum comentário

As matérias apresentadas abaixo são fornecidas por DINO - Divulgador de Notícias.