Startup lança ferramenta que agiliza contratação de profissionais da saúde durante a pandemia

Com processo e testes técnicos 100% digitais, a plataforma lançada pela Revelo será gratuita durante a pandemia e permite que o tempo de contratação caia para até 6 horas.


Junto com a rápida pulverização dos casos de coronavírus pelo Brasil, surgiu uma alta demanda por profissionais de saúde. Neste cenário, a Revelo, maior HRTech da América Latina, está lançando uma nova plataforma 100% gratuita para agilizar e otimizar a contratação desses profissionais de saúde. Com o foco em enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, a companhia busca reduzir o tempo de contratação para no máximo 24 horas, processo que antes era feito entre dois e três dias. Empresas como clínicas, hospitais e healthtechs terão acesso ao serviço gratuitamente durante o período de pandemia.

A demora no processos de seleção acontecia na busca de profissionais disponíveis e na fase dos testes técnicos, problema resolvido pela Revelo. Ao realizar o cadastro, os profissionais devem automaticamente realizar o teste on-line, ou seja, os contratantes podem pular essa etapa, uma vez que os profissionais já chegam triados e com as suas qualificações verificadas.

"Nós construímos esta ferramenta em quatro dias, do zero. Encontramos profissionais que estão disponíveis para uma nova oportunidade na carreira, e então criamos uma descoberta relevante de emprego, e coletamos informações que permitem que as empresas realizem o processo seletivo de forma mais rápida. Já possuímos centenas de novos enfermeiros em nosso banco de talentos, e continuam entrando novos candidatos na plataforma a cada dia. Entendemos que podemos ser um pilar de apoio para esse momento de emergência", pontua Lucas Mendes, cofundador da Revelo.

Hoje, mais do que nunca, o país depende dos profissionais de saúde, que estão em falta. Quando se fala em médicos, por exemplo, o Brasil registra um índice abaixo dos países desenvolvidos. A média é de 2,1 profissionais por mil habitantes, número que pode cair ainda mais quando se trata de estados do Norte e Nordeste. Já quando se observa a área de enfermagem, os hospitais estão contratando menos trabalhadores do que o indicado pelo Conselho Federal da classe, de acordo com fiscalizações realizadas pelo Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP).

"A tendência é que esse déficit na contratação dos profissionais tenha que ser rapidamente resolvido em meio à pandemia que vivemos. Por isso, soluções que proporcionem contratação rápida e a possibilidade de pular etapas, vão se tornar essenciais para salvar a vida dos pacientes que precisam de atenção neste momento", finaliza Lucas.


Matéria: NR-7
Imagem: Agência Brasília
 

Nenhum comentário