Avião cai no Paquistão e deixa mais de 100 vítimas

Acidente ocorreu quando aeronave da PIA Airlines estava próximo ao pouso, na cidade de Karachi.

AP-BLD PIA A320 at DAC (25144492685)

Após tentativas frustradas de pouso, um Airbus A320 da Pakistan international Airlines (PIA Airlines) se acidentou hoje, nesta sexta-feira (22), na cidade de Karachi no Paquistão, ao cair sobre bairro residencial Jinnah Garden (proximidades de Model Colony) quando se aproximava do pouso no Aeroporto Internacional, enquanto realizada o voo PK 8303, procedente de Lahore. Segundo informações preliminares, haviam 91 passageiros e 7 tripulantes. Até o presente momento, há a confirmação de um sobrevivente, segundo as autoridades locais.

Prédios e casas atingidos foram destruídos, e estima-se que existam mais vítimas soterradas nos destroços, não se tendo uma informação precisa de quantas pessoas foram atingidas pelo acidente.

“Em seu último contato, o piloto alertou que havia um problema técnico”, informou o porta-voz da PIA Ailines, Abdullah H. Khan.

É um acidente muito trágico", lamentou o CEO da PIA, Arshad Malik, em uma mensagem de vídeo divulgada após o acidente.

O ISPR, escritório de Comunicação do Exército do Paquistão, enviou helicópteros e tropas para a área do acidente afins de colaborar com as operações de resgate coordenadas por militares e paramédicos, com o apoio de civis. Os hospitais da cidade de Karashi já estão mobilizados para atender as vítimas.

O primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan prometeu através do Twitter que irá instaurar "investigação imediata" e que o acidente o deixou "triste e chocado".

Matéria: Dimithri Vargas
Com informações de Reuters, RTP e Associated Press.
 

Nenhum comentário