Flora compra Assim e Mat Inset por R$ 140 milhões

#Negócios


Hypermarcas anuncia, em comunicado relevante, que a Flora Produtos de Higiene e Limpeza S.A., fabricante dos produtos e detentora das marcas Albany, Minuano, Francis, OX, Neutrox, dentre outras, adquiriu as marcas Assim, Mat Inset, Sani Fleur, Fluss, Gato, Sim e também a unidade fabril situada em Itajaí/SC por R$ 140.000.000,00, no dia de hoje.

Esta medida visa consolidar a posição de destaque da Flora no setor e também vem ao encontro dos objetivos da Hypermarcas em consolidar-se apenas como fabricante de produtos farmacêuticos e de higiene pessoal.
A linha Mat Inset é líder no sul do país.



A Hypermarcas atualmente é a maior empresa farmacêutica em operação no Brasil e até então permanecia como o maior conglomerado de bens de consumo do país. Iniciou suas atividades em 2002, através da compra da marca Assolan (precursora da marca Assim e também a venda, junto com Etti, esta última adquirida da Parmalat) da Unilever. Nos últimos anos a Hypermarcas não se desfez de marcas ou operações e realizou uma série de aquisições até este ano, quando então optou por desfazer-se da divisão que deu origem ao conglomerado (higiene e limpeza) e alimentos.

A Flora é uma empresa derivada da Sabão Minuano, que foi criada pelo grupo Friboi, seis anos depois de o mesmo ter adquirido a Cical Indústria e Comércio de Sub-Produtos Ltda, em Luziânia, empresa então voltada ao mercado de sebo e farinha de carne em 1980, com o objetivo de absorver os restos de sebos do então Frigorífico Friboi (que mais tarde tornou-se JBS). Os ativos foram incorporados à Friboi Ltda. Em 2000, ainda sob o nome Friboi, a empresa inciou o processo de diversificação do portfólio de Minuano e lançou as marcas Albany e Cass, para sabonetes e Smuff também para produtos de limpeza, voltado para mercado regional.

Em 2007, a empresa foi desmembrada do JBS S/A (Nova razão social de Friboi Ltda) e tornou-se Flora Fabril Ltda. No mesmo ano comprou a Unilav (fabricante de lava roupas em pó). Em 2008, tornou-se uma companhia de capital aberto, sob a razão social atual.

Até 2011, a Flora não experimentou nenhum grande passo, quando então houve a compra da Bracol Holding (empresa do Grupo Bertin), responsável pela divisão de limpeza e cosméticos do grupo que havia fundido-se com o JBS, no ano anterior. Com a aquisição, a Flora tornou-se uma empresa de grandes marcas no cenário nacional e com participação relevante em diversos segmentos, tais como detergentes em pó e limpadores em geral, além de relevante participação no mercado de inseticidas. A compra atual reforçou os pilares de desenvolvimento traçados pela empresa, que ainda disputa a marca Assolan.


Reportagem e edição: Dimithri Vargas
   

Nenhum comentário