Concursos públicos: promessas e metas para 2013

(Arteiras Comunicação)


O mês de dezembro é a época de pensar em tudo o que já se passou e se planejar para os novos desafios para o próximo ano. São comuns as listas com promessas que variam desde dietas até empregos com bons salários. Como 2013 será o ano dos concursos públicos, a editora Campus/Elsevier lançou o livro 7 Estratégias Básicas para Encarar um Concurso Público e os autores pretendem ajudar os candidatos a cumprirem suas promessas de fim de ano, principalmente a de encontrar um bom emprego.

Segundo o livro, a primeira estratégia do concurseiro é “estar um passo à frente” dos concorrentes e começar a estudar antes mesmo do edital ser publicado.


“Após definir qual é o emprego público dos seus sonhos, investigue quais assuntos foram exigidos nos editais e provas anteriores. Com base nessas informações, elabore seu plano de estudo”, explicam os autores.

Quando sair o edital da prova, é preciso “ler com atenção” o documento, pois além de informações importantes, lá também estão os assuntos que devem ser priorizados e como será feita a seleção. Assim, o candidato está pronto para “estudar como estilo de vida”, já que, segundo os autores, decidir seguir uma carreira pública não é como procurar um emprego comum. É uma decisão que exige planejamento de vida. Por isso, é preciso ter uma rotina sistemática de estudos.

“Termine uma matéria de teoria e logo em seguida resolva seis exercícios. Se seguir esse ritmo, em seis meses, o candidato terá solucionado, no mínimo, 1.009 exercícios de concursos públicos”.

Outra estratégia importante para conseguir cumprir a promessa de passar em um concurso público é “simular o dia D”, pois é a partir das provas anteriores que o candidato conseguirá mensurar o grau de dificuldade e, com isso, traçar uma meta para o dia da prova. Os autores aconselham o concurseiro a ir para um lugar tranquilo onde não será interrompido e fazer a prova como se estivesse no dia do concurso. Feito isso, ele deve conferir o gabarito e dar preferência para as áreas nas quais obteve mais erros na hora de estudar.

Uma dúvida comum de quem se prepara é “por onde começar”, já que existe uma enorme lista de matérias exigidas no edital. Então, é preciso ter uma estratégia específica, já que 80% das matérias básicas são comuns a todos os processos, como Português, Matemática, Informática etc. E, normalmente, o nível dos candidatos é parecido nas matérias específicas.

“É na prova de conhecimentos básicos que o aspirante à carreira pública poderá apresentar um diferencial”, lembram os autores.

Apesar de ser uma promessa para o ano seguinte, os candidatos precisam ter “paciência”, pois ser aprovado em concurso público é um processo a longo passo. Mas, apesar das dificuldades, a última estratégia é essencial para quem tem esse sonho: “Não desista diante das dificuldades”.

Claro que seguir à risca todas essas estratégias não garante que o candidato passe na prova, mas é uma importante ferramenta para ter a confiança de que 2013 será ainda melhor.


 
Matéria redigida por Paula Martini, do núcleo de cultura da Arteiras Comunicação.


_______________________________________________

O MAXX apoia conteúdos editoriais independentes. Divulgue sua matéria gratuitamente, enviando um e-mail com o conteúdo para [email protected] ou acesse nosso Fale Conosco.

Aviso importante: Este artigo é de titularidade da Arteiras Comunicação, cedido ao portal MAXX, sendo que a manifestação e/ou relatos e informações desta reportagem são de plena responsabilidade de seus idealizadores, podendo não refletir a opinião da equipe editorial MAXX sobre o fato e/ou suas consistências."

Nenhum comentário