Rios da Bacia de Jacarepaguá vão ser dragados para evitar enchentes

(Clima - Agência Brasil)


Rio de Janeiro – O Programa de Recuperação da Bacia de Jacarepaguá começa a fazer a dragagem de sete dos 14 rios assoreados na região. O objetivo é melhorar o escoamento da águas pluviais e evitar enchentes no período de chuvas. 

O programa também faz o reflorestamento do Maciço da Pedra Branca: 142 hectares receberam 354 mil mudas de vegetação nativa. Até o ano que vem serão investidos R$ 340 milhões na limpeza dos rios da região de Jacarepaguá, na zona oeste da cidade. 

Segundo o presidente da Fundação Rio-Águas, Marcelo Sepúlvida, o programa de requalificação, além de contribuir para a prevenção de enchentes urbanas, também, evita que o material assoreado chegue ao sistema lagunar de Jacarepaguá, desague natural dos rios. Um dos beneficiados é o Rio Pequeno, que nasce no Maciço da Pedra Branca. 

Nenhum comentário