Desafiei o Banco PAN a resolver os problemas que encontrei em 24 horas. Advinha o resultado!

Ás vezes descobrimos como o ser humano pode brilhar nas coisas simples, como o bem atender e o buscar aprender com os problemas e assim resolver. 
Hoje a equipe do Banco PAN me surpreendeu! Eles estão em fase beta para o mercado de contas digitais, e naturalmente nesta fase alguns problemas acontecem. Tive alguns destes problemas que pareciam insolúveis, pois já havia buscado contato com o banco algumas vezes ao longo dos dias, então ontem, quando eu estava prestes a desistir do banco, pensando que estavam muito aquém do que o mercado de bancos digitais hoje oferece, fui desafiado a continuar. Sem maiores esperanças (e com pouca expectativa), entrei no jogo e lhes lancei o desafio de 24h + 1h para identificarem as causas e os problemas, promoverem soluções e assim eu continuaria com eles ou então cancelaríamos tudo. Para minha surpresa, o atendimento protagonizado pela Débora Cicera (uma profissional fora de série) teve um desfecho surpreendente. Ela aceitou o meu desafio! Confesso que não levei fé, afinal os problemas cadastrais já se arrastavam há uma par de dias, e até então eu não havia recebido nenhum suporte a contento. Encerramos nosso atendimento ontem, por volta das 20:30, quando recebo no Facebook a seguinte imagem através do perfil do Banco PAN:



Eis que, após um par de dias, uma esperança acendeu. Passei a sorrir, com um pouco mais de fé na boa vontade das pessoas. Mas será que o Banco PAN ainda seria capaz de se superar e evoluir como instituição digital?


A hora da virada

Hoje, nesta fatídica sexta-feira 13, tive uma feliz surpresa! Passado alguns minutos do meio-dia, recebo contato do Banco PAN via telefone, onde percebi que haviam várias pessoas falando comigo. Desatento, não captei o nome da primeira pessoa que falou comigo (Acredito que era Sandra - se não era, me desculpe). Ela me comunicou que eles também toparam o Desafio, e que a Débora ontem havia mobilizado umas cinco pessoas da equipe para que chegassem a uma solução e eu pudesse fazer uso dos serviços do banco. Então todos estavam reunidos, de setores diferentes, buscando uma solução ao vivo comigo. E começamos. Pedi um minuto para ligar meu computador, e fomos ao trabalho. Tereza, do setor de cadastros assumiu o atendimento, e começamos do zero. Bingo! Cadastro concluído! Começamos a trabalhar na identificação e correção dos demais problemas. Notava vozes ao fundo discutindo, e comemorações a cada passo superado! Parecia um jogo de futebol, onde todos comemoravam cada acerto, cada avanço. Num clima ímpar de descontração, enfim, tabelamos tudo e todos, eu disse TODOS os problemas foram resolvidos! Agora sim, eu enfim me tornei um cliente do Banco PAN, com tudo funcionando devidamente. Todos comemoraram, vibraram, aplaudiram! Me senti num jogo de futebol! O engajamento da equipe na solução dos problemas e bugs me foi motivador, motivo pelo qual não me deixei aborrecer quando estes apareciam no meio do processo, e eles o resolviam em tempo real.

Confesso que fiquei envaidecido com tanta atenção, mas o que realmente me motivou a continuar e tentar outra vez, foi a boa vontade e plena disposição expressada inicialmente pela Débora, e confirmada pela equipe inteira. Isso realmente cativa, motiva e fideliza. Num banco com milhões de clientes, eu não fui apenas um número, mas sim uma pessoa, com a qual eles fizeram questão ter ao lado, fizeram questão de aprender e por fim trabalharam com vontade para me manter no time. Isso, é um diferencial! Parabéns a toda equipe do Banco PAN! Vocês venceram o Desafio 24 H + 1H, em menos de 17 horas! Desejo sucesso a todos vocês, e espero que nossa parceria seja duradoura!


Matéria: Dimithri Vargas
     

Nenhum comentário