Operadora de TV por assinatura Blu TV tem falência decretada

Apesar dos preços competitivos, operadora não conseguiu ganhar escala, vindo a sucumbir ante o alto custo operacional.

A crise das operadoras de TV por assinatura no Brasil acaba de ganhar mais um triste capítulo. A mais recente e então promissora operadora Blu TV, da 1sat, teve sua falência decretada pela Justiça de Minas Gerais, após não conseguir reverter patrimônio negativo, dado o endividamento superior a 50 milhões de reais.

A operadora que iniciou suas atividades em 2020, pediu recuperação judicial em junho de 2021, e, mesmo com todo esforço para reverter o grave quadro financeiro que enfrentava, devido a ausência de canais de maior audiência em seu line-up, por falta de acordo comercial com as respectivas geradoras/programadoras, não conseguiu resistir, após tentar repactuar suas dívidas junto aos credores, vindo a encerrar suas atividades.

Não se sabe ao certo o número de clientes que ainda faziam parte da operadora, que já estava sofrendo com o drástico aumento no número de reclamações, após a recente interrupção dos canais Discovery em sua plataforma.

Os clientes da operadora terão que procurar outras operadoras para continuar recebendo conteudos das emissoras por assinatura, mas felizmente poderão continuar recebendo o sinal digital das emissoras de TV aberta em seus aparelhos, haja vista esta ser uma funcionalidade comum dos equipamentos que foram comercializados pela Blu TV.


Matéria: Dimithri Vargas
Imagem: Divulgação
    

Nenhum comentário

As matérias apresentadas abaixo são fornecidas por DINO - Divulgador de Notícias.