Quintas Musicais apresenta Roda de samba com Juliana Amaral e Grupo Ó do Borogodó em sua nova temporada

#Eventos


As quintas-feiras voltarão a ser cheias de ritmo e swing, o QUINTAS MUSICAIS ganha nova temporada a partir de Maio. O local escolhido para as apresentações é o famoso e bem frequentado Teatro Itália, localizado no coração de São Paulo.

A proposta é ter um novo ponto musical na cidade que seja de fácil acesso e bem estruturado, com um cardápio semanal de shows individuais, encontros de artistas e novos talentos. Produzido pela Sala de Produção, os shows tem inicio sempre às 21 horas oferecendo uma nova opção de happy hour para a cidade.

“O grande objetivo é tornar as noites de quinta um ponto de encontro para apreciar boa música dentro do teatro, com uma programação diversificada de gêneros musicais, diferentemente do ambiente encontrado em casas noturnas e bares”, afirma Cassia de Souza produtora e idealizadora do Projeto.

O Projeto teve início no segundo semestre de 2013 com a participação de grandes artistas da Música Popular Brasileira, entre eles, Luciana Andrade, Tony Ferreira, Oito Bem, Léo Versolato, entre outros, e foi recebido com muito carinho pelo público e críticos especializados.

O próximo artista convidado para o Quintas Musicais é a cantora Juliana Amaral que fará uma roda de samba com o grupo Ó do Borogodó.



Sobre os artistas:

Juliana Amaral: cantora, compositora e atriz. O CD “SM, XLS”, gravado para o Selo SESC (2012), é seu terceiro disco. Antes lançou “Águas d’aqui” (2002) e “Juliana Samba” (2007), ambos pela Lua Music.

Teve participação especial nos CDs “Batucajé – Percussão experimental brasileira”, de Robertinho Silva, Simone Soul, Jadna Zimmermann e Alfredo Bello; “Quando eu canto o meu samba”, de Rubens Nogueira; e “O Alumioso”, de Di Freitas. Participou ainda do primeiro DVD da Orquestra Jazz Sinfônica, gravado no concerto com o pianista e compositor congolês Ray Lema.

Participou como cantora em diversos projetos, entre eles “Marçal, uma dinastia do samba” (2006; com Armando Marçal, Moacyr Luz, Wilson das Neves e Wanderley Monteiro), “Da malandragem à pilantragem” e “Gafieira paulista” (2006, com a orquestra de gafieira Cometa Gafi, que integra desde 2002), e espetáculos da Orquestra Jazz Sinfônica − com o pianista e compositor congolês Ray Lema (2009-2011); com o violonista Marcel Powell, em concerto em homenagem a Baden Powell (2009); e em remontagem de “O Grande Circo Místico”, de Edu Lobo e Chico Buarque (São Paulo, Buenos Aires e Campos do Jordão, 2010-2013).

Além disso, desde 2004 Juliana Amaral apresenta-se no Ó do Borogodó, tradicional casa de samba e choro de São Paulo.


Grupo Ó do Borogodó: O grupo foi formado para se apresentar semanalmente no bar Ó do Borogodó, em São Paulo, considerado pela revista Veja um dos melhores bares de samba e choro da cidade. Seus integrantes são alguns dos mais renomados instrumentistas do Brasil: Gian Correa (violão de 7 cordas), Ildo Silva (cavaquinho), Alexandre Ribeiro (clarinete) e Roberta Valente (pandeiro).

No repertório do grupo, choros de autores tradicionais como Bonfiglio de Oliveira, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Portinho, Esmeraldino Salles, Zequinha de Abreu, Waldir Azevedo, etc., e de autores contemporâneos como Laércio de Freitas, Altamiro Carrilho, Zé Barbeiro, Paulinho da Viola, Guinga, Toninho Ferragutti, Alessandro Penezzi, Sivuca, etc.

O Grupo gravou seu primeiro CD (indicado para o Prêmio Tim) pela gravadora Lua Discos. Um tributo a Altamiro Carrilho, com a participação especial do flautista e de grandes músicos de São Paulo como os cantores João Macacão e Verônica Ferriani e dos instrumentistas Izaías do Bandolim, Israel Bueno, Ruy Weber, João Poleto, Zé Barbeiro, Rodrigo Y Castro, Bombarda, Zezinho Pitoco, Caíto Marcondes, etc. No repertório, composições do grande flautista (choro, samba, baião, samba-canção e valsa) como Bem Brasil, Deixa o Breque pra mim, Gracioso, Meu sonho é você, Perdão amor, Elegante, etc.

O evento acontece hoje, no Teatro Itália (Av. Ipiranga, 344,  Metrô República em São Paulo/SP), ás 21 horas, com duração de 60 minutos. Os ingressos custam R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia, podendo ser adquiridos no site www.compreingressos.com ou na Bilheteria (a partir das 15h). Não deixe de aproveitar, pois as vagas são limitadas (276 lugares).

O local conta com acessibilidade para portadores de necessidades especiais, climatização e estacionamento com serviço de valet conveniado ao Edifício Itália, além de aceitar pagamentos em todos os cartões. Mais informações, ligue para (11) 3255-1979.

Censura: Livre


Matéria: Leonardo Almeida

Nenhum comentário