Após atentado, quadro clínico de Bolsonaro é grave, porém estável

#Eleições 2018


É considerado grave, porém estável o estado de saúde do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que sofreu um atentado na tarde de hoje, em Juíz de Fora/MG. Essas são informações preliminares fornecidas pelas assessorias do hospital, do candidato e pela família.

Jair Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto no primeiro turno, estava em comício pelas ruas da cidade do interior mineiro, quando então foi esfaqueado por Adelio Bispo de Oliveira, ex filiado do PSOL, ativista comunista, militante do Movimento Lula Livre e do PT (rumores indicam que ele seria um dos coordenadores da campanha de Dilma Rousseff ao senado, no município). Segundo a Polícia Militar, o agressor confessou o crime, após detenção em flagrante.

Bolsonaro foi encaminhado ao Hospital Santa Casa da cidade de Juíz de Fora, e o agressor foi detido. Após exames, o candidato a presidência foi encaminhado ás pressas para o centro cirúrgico, devido a uma hemorragia interna decorrente da agressão, que lesionou parte do fígado, pulmão e uma alça do intestino.


O caso será investigado pela Polícia Federal, uma vez que envolveu um candidato a presidência. A PF informa que já está em cooperação com a Polícia Militar e a Polícia civil, e o depoimento do agressor já foi colhido.

Veja o vídeo com o momento da agressão



Assista no Facebook a versão sem tarja: https://www.facebook.com/mblivre/videos/2246752955558538/

Matéria: Dimithri Vargas

Nenhum comentário