Genomma Lab incorpora portfólio da Airela Pharmacêutica

Laboratório mexicano já havia adquirido grande participação no laboratório em 2018, e agora amplia sua aquisição.


O laboratório mexicano Genomma Lab, detentor de marcas famosas como Assepxia, Cicatricure, Goicoechea, Proctan, Tio Nacho, dentre outras, acaba de dar mais um passo em sua estratégia de consolidação no Brasil. Conforme aventado desde 2014, parcialmente concretizado ao final de 2018, o Genomma Lab enfim incorpora a Airela Pharmacêutica em seu portfólio, incluindo toda a linha de medicamentos isentos de prescrição do laboratório em seu plantel de vendas.

Estrategicamente, o laboratório mexicano separou algumas marcas, como Expectovic e Flatuliv, que passaram a operar diretamente sob a chancela da marca Genomma, com propagandas na TV Record e outras mídias.

Marca de xarope para tosse que agora faz parte do plantel do Genomma Lab.

Medicamento auxiliar na eliminação do desconforto causado por gases.

Neste processo de consolidação de sua participação no Brasil, o Genomma Lab deve oficialmente lançar amanhã seu novo medicamento OTC, voltado para o tratamento de sintomas de gripes e resfriados. Next, sucesso nos Estados Unidos, um similar dos já consagrados Multigrip, Cimegripe, Naldecon e Fluviral.


O Genomma Lab iniciou as propagandas de lançamento do produto e promete preços competitivos para que o medicamento comece a sua trajetória disputando a liderança.

Sob o guarda chuva da marca Airela, o Genomma Lab recentemente relançou a linha Vitaxon, de vitaminas efervescentes, em especial com o lançamento do Vitaxon C 3+ Tripla Ação, com vitaminas C, D e Zinco, atendendo a demanda de medicamentos que previnem o Corona Vírus.



Com forte presença na mídia, assim como seus concorrentes FQM e Hypera, o Genomma Lab busca ampliar seu destaque, e agora conta com um plantel de marcas de alto potencial a sua disposição. Qual será o próximo medicamento da linha Airela que irá para o hall de marcas premiadas do laboratório mexicano? Façam suas apostas!


Matéria: Dimithri Vargas
 

Nenhum comentário